Terapia Quântica

A Terapia Quântica é uma técnica terapêutica que estuda a saúde do ser humano do ponto de vista dos elementos biofísicos e das energias quânticas que o constituem, e por isso é também conhecida como Terapia Vibracional.

 

medicina

 

Os procedimentos clínicos da Terapia Quântica são baseados nos recursos da Física Quântica e permitem ao terapeuta quântico, ou terapeuta vibracional, a pesquisa dos fatores físico-químicos e emocionais que conduziram certo organismo ao desequilíbrio. Uma vez detectados os componentes, são aplicados os meios adequadamente metodizados, objetivando o equilíbrio homeostático do indivíduo. Uma vez eliminados os agravantes, as funções bioquímicas acontecerão de forma eficaz, reestruturando assim a função celular, a qual como consequência resultará no bem estar orgânico natural que se denomina SAÚDE.

 

Um dos recursos utilizados na Terapia Quântica é a Biorressonância, uma técnica amplamente utilizada na Europa, Estados Unidos e Japão, 40 mil vezes mais sensível que a ressonância magnética e com a vantagem de não ser invasiva e nem radioativa. Ela permite avaliar o estado geral de saúde ou em particular de um órgão ou sistema, efetuando uma análise bioenergética do corpo humano.

 

Dessa forma, a Terapia Vibracional Quântica se resume em cinco passos:

 

1º Passo: Verificação clínica da presença de metais tóxicos, parasitas indesejáveis e radiação por meio da Biorressonância;

 

2º Passo: Verificação do desempenho funcional do processo digestivo, hepático e circulatório;

 

3º Passo: TERAPIA DESINTOXICANTE – Realização de um programa de desintoxicação orgânica, eliminando toxinas acumuladas devido ao desequilíbrio do metabolismo.

 

As intolerâncias alimentares são um dos tipos mais comuns de desequilíbrio e causam grande incômodo, porém mesmo quando não percebidas, irritam a parede do intestino aumentando sua permeabilidade, o que faz com que metais tóxicos sejam absorvidos pelo organismo. Esses metais tóxicos trazem uma série de sintomas, e em grande quantidade podem causar inúmeras doenças. Uma forma de tratá-las é a desintoxicação, que hoje em dia já conta com métodos modernos.

 

Um deles é por meio dos compostos frequenciais, que contém padrões quânticos (energia e informação) e agem analogicamente como a homeopatia, a cromoterapia, os florais e outros meios sinérgicos, cuja ação é exercida pelo fenômeno da Biorressonância.

 

A desintoxicação também pode ser feita com o uso de um aparelho ligado diretamente na água de um escalda-pés. Os pés possuem inúmeros poros, o que os tornam pontos ideais para a expulsão de toxinas acumuladas do corpo. Esse aparelho é um emissor de padrões quânticos, que combina os campos informacionais à capacidade da água e interfere diretamente onde há desarmonia e amplia o equilíbrio vibracional integralmente.

 

Dessa forma, também é possível fazer uma biorregulação, ou seja, ativar a matriz energética de cada órgão ou sistema para harmonizar seu sinergismo quântico. O objetivo final é restabelecer a homeostase energética desses órgãos e sistemas.

Esse método é utilizado para desintoxicação de solventes agrotóxicos, pesticidas e metais tóxicos como alumínio, titânio, enxofre, urânio, cobalto, cromo, ferro, flúor, magnésio, mercúrio, níquel, cádmio, cobre, chumbo e zinco.

 

Pode ser utilizado também em pós-operatórios, para eliminar os efeitos tóxicos da anestesia.

 

Além disso, é coadjuvante no tratamento de acidose, acne, alergias, anemia, ansiedade, artrite, asma, bruxismo, dor, estresse, ferritina, insônia, osteoporose, rinite, sinusite, tensão pré-menstrual, urticária, vertigem, entre outros.

 

4º Passo: TERAPIA FUNCIONAL – Otimização dos hábitos alimentares associados à suplementação nutricional para melhorar o processo funcional do organismo.

 

5º Passo: TERAPIA REGENERATIVA – Conjuntamente ao processo funcional do organismo, adoção de uma suplementação voltada à regeneração do processo neuroendócrino, a fim de restabelecer o sistema nervoso.