Biorressonância

Ainda uma novidade para a maioria dos brasileiros, a Biorressonância já é utilizada na Alemanha, Áustria, Suíça, Portugal e Espanha por profissionais da medicina convencional e terapeutas. Na China, esta técnica já é usada na maioria dos hospitais pediátricos e cresce cada vez mais na Austrália e Reino Unido.

 

O que é Biorressonância

Ressonância bioenergética ou bioressonância é o campo da medicina energética que detecta e trabalha com informações de frequência eletromagnética gerada pelo corpo. Bio refere-se a um organismo vivo e ressonância significa ‘vibrar em harmonia com’. É um método de análise indolor que atua nos desequilíbrios causadores de distúrbios e não possui efeitos colaterais, sendo 40 mil vezes mais sensível que a ressonância magnética.

 

Como surgiu

 

Em 1950, o Dr. Reinholt Voll, médico alemão, desenvolveu uma técnica para monitorar eletronicamente as mudanças na energia do corpo. Ele observou pela diferença de impedância (resistência elétrica) da pele, que as características elétricas dos meridianos contêm importantes informações a respeito dos órgãos do corpo.

 

Posteriormente, a indústria Vega desenvolveu o Vegatest Expert, que reuniu a técnica milenar da Acupuntura com o moderno conhecimento da medição de ondas eletromagnéticas, o que possibilitou o surgimento do teste de Biorressonância, que é 40 mil vezes mais sensível que a ressonância magnética.

 

Como funciona

Células do nosso corpo geram impulsos elétricos minúsculos que interagem ou se comunicam com as células vizinhas. As células emitem continuamente e respondem a esses sinais. Estes sinais têm a forma de oscilações ou vibrações e o padrão de oscilação encontrado difere entre uma pessoa saudável e uma pessoa doente.

 

Toda a matéria tem a sua própria frequência vibracional, que pode ser mutável e influenciada na presença de diversos fatores como: emoções, pensamentos, parasitas indesejáveis, metais pesados, radiação, sons, nutrientes celulares e cores que, juntos ou isoladamente, contribuem para o desequilíbrio orgânico e o aparecimento de doenças.

 

Se uma célula tem uma boa saúde seu sinal será harmonioso e ressoa de forma livre com outras células do corpo. Se um agente patogênico (toxina, vírus, parasitas, etc.) ataca uma célula, então o sinal proveniente da célula torna-se distorcido. Os perfis do sinal são medidos por meio de eletrodos ligados ao corpo do paciente posicionados nas mãos ou nos pés, e dessa forma é realizado o diagnóstico por frequência, ou seja, o teste de biorressonância.

 

Após o resultado da biorressonância, o tratamento pode ser feito utilizando a Terapia Quântica, que busca trazer o equilíbrio ao organismo através de compostos frequenciais, de desintoxicação iônica e/ou de biorregulação.