Especialidades

A abordagem multidisciplinar em Medicina é uma inovação que consiste no engajamento de uma equipe formada por várias especialidades para a solução do problema.

Para isso, contamos com profissionais aptos a realizar essa abordagem nas seguintes especialidades:

Acupuntura:

É um método terapêutico com origem na medicina tradicional chinesa que consiste na estimulação de pontos cutâneos específicos por meio de agulhas e tem a capacidade de regular o fluxo energético responsável pela fisiologia do corpo humano.

Homeopatia:

Especialidade médica que busca a cura suave e duradoura dos sintomas apresentados pelo paciente, resultando no seu equilíbrio físico e psíquico. Os medicamentos são escolhidos a partir de uma minuciosa individualização do paciente, valorizando seu aspecto emocional. Assim, a homeopatia trata não apenas a doença, mas o indivíduo como um todo.

Terapia Ortobiomolecular ou Terapia Quântica:

Os procedimentos clínicos da Terapia Ortobiomolecular são baseados nos recursos da Física Quântica. Eles permitem a pesquisa dos fatores físico-químicos e emocionais que conduzem organismos ao desequilíbrio. Uma vez detectados os componentes, a terapia aplica meios para neutralizá-los, objetivando o equilíbrio homeostático do indivíduo. Após eliminados os agravantes, as funções bioquímicas acontecerão de forma eficaz, reestruturando assim a função celular, resultando no bem estar orgânico natural.

Psicologia:

É a ciência que estuda os processos mentais (sentimentos, pensamentos e razão) e o comportamento humano. A psicologia não é hoje apenas a ciência da alma, mas também do comportamento e da experiência, pois corpo e mente não são separados e um exerce influência sobre o outro.

Neuropsicologia:

É a ciência que busca conhecer como o cérebro, a cognição e o comportamento funcionam e interagem entre si. Tem a função de avaliar aspectos da atenção, da memória, da linguagem e de como planejamos nossas ações. Além disso, é útil para auxiliar no diagnóstico de crianças, adolescentes, adultos e idosos quanto ao TDAH, à dislexia, ao autismo, à depressão e à ansiedade, às demências e ao Alzheimer, dentre outros.