Como funciona o Relógio Biológico

Jeffrey Hall, Michael Rosbash e Michael Young foram os premiados no Nobel de Medicina em 2017 por descobrirem os mecanismos moleculares que controlam o ciclo circadiano, mais conhecido como relógio biológico.

 

Relógio

 

Eles demonstraram que há um gene responsável por codificar uma proteína chamada PER que se acumula durante a noite e se degrada durante o dia. Essa proteína, por sua vez, é capaz de bloquear ou ativar o gene que a codifica, o que explica as oscilações do corpo a partir da luz.

 

A mais conhecida delas é a produção de melatonina, hormônio que ajuda na indução no sono. Durante a noite os níveis de melatonina aumentam e com a claridade diminuem. Por isso é importante um ambiente escuro na hora de dormir. É aconselhável ir diminuindo a iluminação da casa quando se aproxima o horário do sono.

 

Já durante o horário de verão é necessária uma adaptação do organismo e é por isso que algumas pessoas sofrem tanto nesse período. Essa mudança gera um impacto na capacidade de memória e cognição das pessoas, além de favorecer sonolência durante o dia, irritabilidade, déficit de atenção, entre outros.

 

Outro exemplo da ação do relógio biológico é o aumento da temperatura corporal antes da chegada da noite. Isso ocorre porque o corpo antecipa mudanças fisiológicas para melhor se adaptar ao ambiente.

 

Não só os níveis de hormônios, mas todo o nosso metabolismo é regido pelo relógio biológico, o que inclui o consumo energético e o armazenamento de gordura. Ao entender e respeitar como esse ciclo funciona é possível obter redução de peso, aumento no brilho da pele, maior qualidade do sono, etc.

 

Em relação ao metabolismo, o relógio biológico funciona da seguinte maneira: O período de digestão dos alimentos ocorre das 12hs às 20hs, sendo esse o momento mais propício para nos alimentarmos. Em seguida vem o período de absorção, que ocorre das 20hs às 4hs. Por esse motivo os especialistas recomendam refeições leves à noite. E por fim, o período de excreção, que ocorre das 4hs às 12hs. É por isso que a maioria das pessoas evacua no período da manhã.

 

Outros artigos relacionados:

 

Compostos Frequenciais na Biorregulação do Organismo




4 Comentários

  1. Boa tarde.
    gostei muito de todas as explicações e clareza dentro do assunto. porem busquei muito uma explicação sobre a doença: ESPONDILITE e não encontrei.Eu gostaria se possível que enviasse pelo meu e-mail

    • Olá, Ivonete.

      A espondilite é um tipo de artrite autoimune caracterizada pela inflamação nas articulações da coluna vertebral. Para tratá-la é necessário fazer uma desintoxicação de metais, pois eles agravam muito o quadro, e uma modulação tanto do sistema imunológico quando do emocional, pois o sistema imunológico é muito sensível a variações emocionais.
      A desintoxicação de metais é feita por meio de um aparelho emissor de padrões quânticos ligado diretamente na água do escalda-pés. Não é invasivo e nem radioativo.
      A modulação é feita com compostos frequenciais, que restabelecem a matriz energética de cada órgão. Eles não possuem efeitos colaterais e nem contra-indicação, pois não são químicos, são físicos.

    • Olá, Estêvão.

      Fico feliz que tenha gostado! Nosso objetivo é contribuir para a melhoria da saúde no nosso país e acreditamos que divulgar conteúdos relevantes periodicamente é uma das formas de atingi-lo. Continue acompanhando as novidades!

Deixe o seu comentário!

    Kellen Calixto

    Terapeuta

    Barras de Access

    Técnica em Radiestesia e Radiônica

    Terapia Quântica - Profissional credenciada pelo método QuantumBio.